quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

Semana da PELADA NA SACADA


Nós, os moradores da cidade do Rio de Janeiro temos nos esforçado bastante para destruir nossa cidade ao elegermos sistematicamente prefeitos corruptos e incompetentes. E também vereadores e deputados criminosos, etc.

Costumamos eleger os piores cretinos do mundo para serem gestores de nossa cidade !


 



Está na hora de repararmos o mal que fizemos a nossa ex cidade maravilhosa ! Cada um de nós precisa oferecer uma ajuda !
 
E nós mulheres, em especial, sempre temos muito a dar !







A Semana da PELADA NA SACADA é a minha nova solução Facinha para ajudar a nossa cidade a sair do caos em que nós mesmos a colocamos.

Para ficar bem claro, achei melhor apresentar a ideia na forma de um questionário.





O que é a Semana da PELADA NA SACADA?

Durante a segunda semana do mês de dezembro, ou seja dos dias 8 a 14 de dezembro, todos os anos, as mulheres do Rio de Janeiro irão ficar de top less, ou camisola transparente, ou fio dental, ou fantasiadas de cachorrinha ou simplesmente nuas nas sacadas, varandas, terraços e lajes da cidade do Rio de Janeiro por alguns minutos ou por horas, conforme queiram.




Quem pode participar ?

Todas as mulheres que estiverem na cidade do Rio de Janeiro, inclusive turistas ou visitantes.




É preciso se cadastrar ?

Não, não há burocracia nenhuma, basta tirar a roupa e ir para a varanda.





Além de sacadas, varandas, terraços, etc, nós, as mulheres participantes podemos ficar nuas em outros lugares ? Na rua, por exemplo ?

Não, ficar pelada em local público é atentado ao pudor, é crime. Mas ficar pelada em sua própria casa, mesmo que seja na varanda, aí pode !




Ficar pelada na sacada, mesmo que seja por poucos minutos, isto não é exibicionismo ?

Sim, é. Delícia !




É só ficar pelada na varanda ou sacada ? Tem que fazer alguma coisa ?

Não. A princípio é só ficar paradinha nuazinha. Bem simples. Qualquer uma consegue.





Por que a segunda semana de dezembro ?

A semana PELADA NA SACADA começa no dia 8 de dezembro, dia de Nossa Senhora da Imaculada Conceição, por mera coincidência, não foi uma homenagem. Quem quiser fazer a semana a partir do dia primeiro, ou do dia 15, não há problema. O importante é que nas três primeiras semanas de dezembro uma energia nova percorra a nossa cidade.





Qual o objetivo da Semana da PELADA NA SACADA ?

Criar um evento super especial no calendário turístico da cidade do Rio de Janeiro, atraindo mais turistas para nossa cidade, em uma época do ano em que antes nada acontecia.





Por que criar a Semana da PELADA NA SACADA ?

A cidade do Rio de Janeiro foi duramente sacaneada pelos seus próprios moradores que colocaram na prefeitura e na câmara de vereadores pessoas incapazes ou criminosas.. Há duas maneiras de consertar isto: a primeira, mais lógica, seria votar em gente honesta, mas isto talvez seja difícil, pois já nos acostumamos a ser governados por bandidos. A segunda é inventar novas formas de intensificar o turismo na cidade, o que traz dinheiro e felicidade para todo o mundo.







sexta-feira, 29 de novembro de 2019

Mais soluções Facinhas para o Rio de Janeiro.


Em julho de 2017 publiquei  A solução Facinha para o Rio de Janeiro em que lembrei o grande problema do Rio de Janeiro: nossa capacidade de eleger políticos (governadores, prefeitos, deputados, vereadores) CORRUPTOS e/ou INCOMPETENTES.

Nenhum povo do mundo tem tanta vontade de eleger cretinos como nós, aqui no Rio de Janeiro. Fazemos isto há décadas, elegendo cada vez gente pior, verdadeiros criminosos. Os crápulas que elegemos logo fazem parceria com outros crápulas disponíveis no Judiciário. E daí, a festa dos Três Poderes Podres do Rio de Janeiro. Por isto merecemos esta cidade tão estragada. Deus é justo !



Assim que fosse possível colocar no poder um ser humano e decente, a primeira coisa a ser cuidada seria a segurança urbana e na postagem  Segurança para turistas dou minhas dicas sobre o assunto.

Na postagem seguinte A sequência, continuo no tema segurança, lembrando o que cada um de nós pode fazer sobre o assunto - e isto não é, de forma algum, sair por aí armado.



Quando for resolvido o problema da segurança urbana, ou seja, quando o nível de violência cair para um terço do nível atual, aí é preciso reforçar o turismo no Rio. Há várias formas de se fazer isto, e uma delas é a criação da praia do fio dental

Nas postagens seguintes segunda parte, e terceira parte desenvolvi mais esta minha proposta. Na quarta parte examino algumas eventuais dificuldades. Na quinta parte - final apresento sugestões adicionais de leitores.


 
Assim, dediquei cinco postagens para desenvolver ao projeto cívico de criação da praia do fio dental. Sei que apenas uma barraquinha de praia aderiu ao movimento - e está faturando muito mais do que suas concorrentes caretas - mas isto não foi suficiente para criar um ponto de atração turística internacional. Pena.


Recentemente, porém, tive uma nova ideia que vai dar uma imensa energia ao turismo no Rio de Janeiro e que é bem fácil de implementar:  aguardem a minha próxima postagem !
 

quinta-feira, 21 de novembro de 2019

Você deixaria sua esposa ir à praia assim ?


Você deixaria sua esposa ir à praia assim ?

Aposto que não. Os homens em geral são muito retrógrados, possessivos e machistas. Vivem tentando restringir a liberdade de suas esposas, coitadinhas de nós !




Até mesmo o Sergio, meu marido, no início, não gostava muito quando eu usava biquinis como este na Praia da Reserva, aqui no Rio de Janeiro.

Aliás, adoro este tipo de biquini: os triangulozinhos são transparentes e as alcinhas são de silicone, também transparentes, para combinar. Tenho uma coleção deles, em várias cores.




Para começar, o Sergio dizia que este biquini era coisa de puta & piranha.

Claro que nisto ele tinha razão. Mas quando se casou comigo, ele já sabia que eu era uma puta & piranha, então não tinha o que reclamar.
 




O meu marido dizia também que como eu estava praticamente nua, todo homem que passasse por mim na praia iria ficar me olhando, me desejando...

E qual é o problema nisto ?  Que mulher não gosta de ser admirada ? Que homem não gosta de apreciar uma mulher com a bunda de fora ?


 



O Sergio ainda  ficava zangado em me ver cercada de taradinhos na praia que ficavam discretamente (ou não) batendo punheta em minha homenagem.

A rapaziada bate punheta para mim com todo respeito. E na praia da Reserva não tem por que ser reservado.






Meu marido costumava também me criticar dizendo:"Thays, você está tão nua, parece que você está se oferecendo para todo mundo !"

Nisto ele tinha razão. Aliás, um de de meus admiradores terminou comendo minha bunda várias vezes.



Outra coisas que aborrecia o meu marido é quando eu resolvia dar mole para algum admirador mais interessante, abrindo as pernas para mostrar como o meu biquini era transparente...

Mas, como se dizia antigamente, quem está na chuva, vai se molhar. E eu  ficava mesmo molhadinha, sabendo que minha bucetinha era o alvo de todas as atenções.





O Sergio então me dizia: Thays, você não tem vergonha de ser tão piranha ?

E eu respondia: "Vergonha não, ORGULHO !




Mas eu entendo o Sergio: leva tempo ´para um marido se acostumar com a ideia de que sua esposa fica nua em público só para dar tesão em outros homens,

Aceitar que qualquer um pode ver sua mulher pelada não deve ser mesmo fácil....





Eu costumava acalmar o meu marido lembrando-lhe que eu não estava fazendo nada demais: eu podia estar chupando um pau, sendo enrabada, dando para dois homens ao mesmo tempo, mas não, eu estava só ali, parada, quietinha.

Não podia ser mais inocente !




No fundo, trata-se de uma questão de direito da mulher: acho que qualquer mulher, seja solteira ou casada, tem o direito de ficar nua na frente de outros homens em uma praia mais reservada.

Afinal, toda mulher curte ficar pelada em público, cercada de homens de pau duro querendo comê-la. Isto é bem normal !



Então continuei insistindo em ficar na praia praticamente nua fazendo poses para a alegria dos homens que estivessem por perto...

E aí o meu marido, afinal, terminou aceitando que qualquer um possa ver sua mulherzinha nuazinha ao vivo na praia, se chegar na hora certa.




Hoje meu marido compreende minhas necessidades e curte me ver nua me oferecendo para a galera. Mais do que isto: o Sergio até me estimula a ser cada vez mais puta & piranha. Ele me diz: "Vai Thays, mostra para a rapaziada que você é uma vagabunda ! "

Não é romântico quando um casal se entende ?








segunda-feira, 4 de novembro de 2019

Explicando por que adoro apanhar.


Na postagem anterior confessei que adoro receber palmadas na bunda.

Aí me perguntaram por que sou assim. Vou explicar aqui.




Tenho um motivo físico, um emocional e um comportamental para gostar de apanhar. Três motivos !

Um para a nádega direita, um para a esquerda e outro para o cuzinho.



O motivo físico é que palmadas aumentam a circulação sanguínea na bunda. Ela fica vermelhinha.

Isto faz que a pele da minha bunda fique mais sensível, o que aumenta o tesão. Outro bom efeito colateral é aumentar o colágeno, o que deixa minha bunda mais durinha.




O motivo emocional é que bem no fundo eu sou uma menininha bem comportada e obediente. Então, quando sou levada, mereço ser castigada.

Daí as palmadas resolvem minha necessidade de ser punida. Freud explica !



O motivo comportamental é que sempre que estão me enrabando, me dão palmadas na bunda. Então já associei as palmadas a ter um pau no cuzinho, o que é uma delícia.

Eu sou a cachorrinha de Pavlov !


sexta-feira, 18 de outubro de 2019

Eu confesso: adoro apanhar !


Não sei se ficou bem claro nas minhas últimas postagens que eu adoro levar palmadas na bunda.

Então não estou reclamando dos homens que me batem: a minha bunda foi mesmo feita para ser castigada e eu não tenho nenhum problema com isto.




Há dois tipos de mulheres: as que confessam que gostam de levar uns tapas na bunda como eu, e as que mentem.

Eu não minto !



Quando me comporto mal, sei que vou merecer umas palmadas na bunda.

Por isto é que procuro sempre me comportar mal.





Por exemplo, quando vou para a praia com um biquini que me deixa quase nua e aí fico me oferecendo para os homens em volta, bem na frente de meu marido....

O que eu mereço ?  Palmadas !




E também quando estou em uma boate de swing e menage e aí digo para o meu marido: "Está vendo aquele rapazinho ali ? Acho que vou dar meu cuzinho para ele..."

O que eu mereço ? Palmadas !



Ou então quando estou sendo enrabada por algum homem e aí faço uma pausa só para mostrar para o meu marido como o meu cuzinho está ficando arrombadinho...

O que eu mereço ? Palmadas !



Aliás, se algum homem paga para comer minha bunda na frente de meu marido, é claro que ele pode me dar palmadas a vontade.

Está incluído no pacote.








E quando estou em uma boate de swing e peço para o meu marido deixando organizar a fila dos homens que vão comer minha bunda.

O que eu mereço ?





Levar palmadas assim é uma questão de justiça.

A sociedade protetora das cachorrinhas nunca se manifestou contra eu apanhar de meu dono como se fora uma cadelinha.




Eu sei que estou sendo surrada por ser uma vagabunda.

Por isto é que gosto. Me lembra o que fiz para merecer as palmadas.





quarta-feira, 2 de outubro de 2019

Nem toda mulher merece apanhar


Nem toda mulher merece apanhar.

Eu mereço. E mereço muito !





Mereço tanto, que nem meu marido dá conta.

E aí, ele me entrega para outros homens me castigarem.




Então, no dia a dia, eu não apanho só de meu marido.

Eu sou surrada por um monte de homens. Sou uma mulher de sorte !






Mas não é difícil merecer ficar com a bunda vermelha de tantas palmadas !

Qualquer uma pode conseguir isto.





Até a mulher mais santinha pode se transformar em uma  puta e piranha digna de ser punida.

Neste meu blog já dei um monte de dicas sobre o assunto.





 E nem precisa sair dando o cuzinho para qualquer um na frente de meu marido, como eu faço.

E nem dar para dois homens ao mesmo tempo.




Por bem menos a gente já conquista o direito de empinar a bunda para receber palmadas.

Por exemplo: usar na praia um biquini fio dental com alcinha de silicone como destas duas últimas fotos já é um vale-palmadas, como já contei na postagem anterior.





E se além de usar o biquini, fcar se exibindo fazendo poses para a galera, como eu faço na Praia da Reserva, aí é garantido ganhar muitas palmadas.

Na próxima postagem farei uma confissão sobre palmadas na bunda.