terça-feira, 10 de março de 2015

Pedindo ajuda para realizar uma fantasia


Uma fantasia sexual que ainda não realizei é passar um dia trabalhando em uma Casa de Massagem (ou Termas ou simplesmente Puteiro). O mais perto que cheguei disto foi no EleeEla na Lagoa e no Henry, na Barra, no tempo em que recebiam casais, solteiros e garotas da casa.

Eu iria me misturar com as profissionais de verdade e atender clientes, mesmo que fosse só por um dia, inclusive recebendo pelos meus serviços. O meu marido não ficaria junto quando eu estivesse com um cliente, é claro, apenas ficaria discretamente acompanhando meu desempenho no salão da boate.


Até já escolhi que roupinha: este bikini fio dental sling que estou usando nessas fotos. Na boate estaria também de salto alto e talvez usaria um top. O detalhe é que o bikini estaria enfiadinho como na foto. 
 
Sei que usar o bikini enfiadinho na bucetinha é apelação, mas afinal eu não sou mais uma garotinha e estaria concorrendo com moças bem mais novas do que eu: então é justo que eu faça tudo o que sei  para conquistar clientes. E eu sei bastante coisas. Então, sinto muito, mas vou ficar desfilando na Casa de Massagem com esta roupinha.



Outra coisa: serei bastante liberal com meus clientes. Isto não é difícil para mim, que sou facinha desde garotinha.

Então meus clientes irão poder comer minha bunda o tempo que quiserem e na posição que quiserem. Além disto faço boquete sem camisinha e ainda deixo o cliente escolher onde quer gozar: se quer encher minha boca de leitinho ou se quer fazer uma pocinha de porra no meu cuzinho.

 

O meu marido não vai poder participar da festa, mas depois prometi contar tudo o que o cliente malvado obrigou a putinha dele a fazer. Em compensação, o meu marido vai poder acompanhar a mulherzinha dele desfilando no puteiro praticamente nua e de salto alto, para deixar os homens interessados em me enrabar. O meu marido também vai ter o prazer de me apreciar rebolando sentada no colinho de algum potencial cliente e também de ver sua esposinha  inclinada sobre uma mesa na boate, liberando a bunda para ser sarrada por quem passar...

Então me ajude: se você conhece um jeito de me encaixar por um dia no elenco das garotas da casa de alguma Termas no Rio, de preferência no Centro ou em Copacabana ou Botafogo, por favor me avise !








 

quarta-feira, 4 de março de 2015

Esperando para dar


Eu estava ansiosa esperando o meu chefinho, que tinha pago pelo chalé e pelo fim de semana e por isto ia poder me comer a vontade e aí o meu marido aproveitou para tirar essas fotos.

Já falei sobre o chefinho em postagens mais antigas, mas agora estou com preguiça de procurar para indicar os links.

 
 
Mas ele acabou atrasando e eu fiquei ansiosa. Eu estava com um biquíni fio dental que costumo usar na praia da Reserva aqui no Rio e que dá a impressão que estou de topless, mas na verdade não estou, quem já me viu nesta praia sabe como é.
 
O problema é que ele não chegava e eu já estava ficando cada vez mais nervosa. Foi aí que meu marido teve a idéia de aproveitar o tempo para tirar essas fotos mostrando sua esposinha ansiosa para dar a bunda para outro homem.
 
 
 
 
O meu marido, aliás, estava até apreciando a situação: Que marido não se diverte em ver a mulher nervosa por que o homem que vai comer a bundinha dela está demorando ?
 
Ele gosta de me fotografar quase nua esperando para ser enrabada por um cliente ou um amigo, ainda mais quando estou ansiosa. 
 
 


Só não acho legal é meu marido ficar me gozando por que eu estava aflita para dar a bunda. Ele tinha que ser mais solidário com as minha emoções.

O chefinho apareceu mais tarde e no final pude dar o troco para o meu marido, mostrando para ele meu cuzinho bem arrombadinho e minha boca cheia de porra do chefinho..



domingo, 8 de fevereiro de 2015

Carnaval no Mistura Certa


Estivemos no Mistura Cera, uma boate de swing e ménage, na sexta 30/01, e iremos novamente na próxima sexta, 13/02, para a Noite do Abre Elas, uma noite carnavalesca para casais e solteiros.

Na sexta passada percebemos que a boate, que a gente deixou de castigo por anos por causa das instalações fraquinhas e DJ funkeiro muito ruim, melhorou bastante nesses dois quesitos.


 
Mas a noite não foi muito animada. O melhor momento foi quando beijei na boca uma loirinha bem bonitinha enquanto o marido dela a pegava por trás e um outro rapaz me comia.
 
Depois ainda beijei na boca mais outras moças, mas a noite terminou sem eu ter sido enrabada por ninguém. E eu louca para dar a bunda, que desperdício !
 
 


 Mesmo assim, foi uma noite divertida e resolvemos voltar na próxima sexta. E como é carnaval, já combinei com o meu marido que estarei super liberada: minha fantasia vai me deixar quase nuazinha.

Vou oferecer o Menu Degustação Facinha de Carnaval, que é assim: começo chupando o pau e depois deixo enfiar um pouquinho no meu cuzinho e depois o pau volta para a minha boca e depois para o meu cuzinho de novo e fico fazendo assim até cansar.


 
Mas isto não é para todo mundo não. Vou escolher no máximo quatro solteiros para esta brincadeira. É o que preciso para me deixar bem arrombadinha, o que deveria acontecer em todo baile de carnaval animado.
 

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Amanhã, sexta, estarei no Mistura Certa


Amanhã, sexta, estarei na noite de ménage da boate Mistura Certa.

Há muito tempo que não vou lá, por que a boate insistia em tocar funk e outras nojeiras a um volume que pessoas normais não conseguem suportar. Um saco. Mas resolvi dar mais uma chance.

 
 
 
Há muito tempo não brinco de dançar e desfilar nuazinha na frente da rapaziada e aí estava sentindo falta disto. O fato é que as boates de swing do Rio estão todas bem caidinhas. A solução é dar um pulo em Sampa.
 

Aproveito para mostrar a minha posição preferida: de joelhos e apoiada nos cotovelos, para minha bunda ficar mais arrebitada. Então o meu marido abre minha bunda oferecendo o meu cuzinho para quem vai comer.

 
E aí é só alegria !
 
Acho que toda a mulher deveria experimentar a emoção maravilhosa de sentir seu próprio marido abrindo sua bunda para outro homem comê-la.
 


terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Um presente para o maridão


Meu marido é tão bonzinho para mim que resolvi dar um presente para ele: vou passar a usar mais o meu biquini de silicone quando for à praia da Reserva.

Acho que todo mundo já viu este bikini, ou melhor, não viu, por que atrás é apenas um fiozinho de silicone transparente. Quem me vê de costas, pensa que eu estou nuazinha - e tem razão, afinal !





E o presente para o meu marido não é só este. Assim que algum homem aparecer e se sentar por perto (isto sempre acontece) vou ajeitar a canga e ficar de quatro, com a bunda na direção de meu admirador.

Meu marido adora me ver mostrando o cuzinho para a galera na praia, bem cachorrinha ! 


quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Isto não tem nada demais - segunda parte


Também já cansei de ser criticada pelo fato de gostar de dar a bunda em público, em salas para solteiros de casa de swing, por exemplo. Acho que isto não tem nada demais, fazer sexo anal com várias pessoas me olhando é um prazer e direito meu.

A bunda é minha e dou para quem eu quiser, no local que quiser, quanto tempo quiser e com o público que quiser.


 
 
A única pessoa que poderia protestar seria meu marido, e, na verdade, no início ele não curtia, mas depois passou até a gostar de ver sua esposinha sendo enrabada na frente de todo mundo.
 
Afinal, que marido não se orgulha de sua mulher quando ela se torna o centro de todas as atenções ?

 
 
A maioria dos rapazes também acha legal ter plateia enquanto come a bunda da mulher de alguém.
 
Quando tem gente assistindo, aí é que eles enfiam sem pena no meu cuzinho, porque todo homem gosta de exibir dureza.
 


Mas o que importa mesmo é que eu gosto de estar cercada de bastante gente, casais e homens solteiros, me apreciando enquanto dou minha bunda.

É que sou um pouquinho exibicionista mesmo, que mulher que não é ?

 
 
E além de me exibir, o que também acontece de bom é que os rapazes logo organizam uma fila para comer minha bunda. E aí a alegria só termina quando me canso, o que demora acontecer.
 
O único problema é ficar de quatro durante tanto tempo, depois fico com dores nas costas.
 

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Isto não tem nada demais


Recebi muitas críticas por que disse que gosto que meu marido segure minha bunda e abra, deixando meu cuzinho bem aberto para dar prazer para outro homem. Meu marido só costuma fazer isto em três situações:

  • Assim que ele termina de tirar minha roupa me deixando nuazinha com saltos altos e aí me inclino e arrebito minha bunda na direção do homem que vai me comer e meu marido a abre, oferecendo para ele uma visão ampla, geral  e irrestrita do meu cuzinho. Acho que isto não tem nada demais, afinal todo marido tem o direito de mostrar o cuzinho de sua esposa para outro homem.

    De minha parte, também não vejo nada demais, por que toda mulher normal curte exibir seu cuzinho bem aberto para provocar o homem que vai comer sua bunda. E é claro, que comedor não gosta de ver o marido abrindo a bunda da esposinha para lhe oferecer o cuzinho da vadia ?


 
 
  • Meu marido também costuma abrir minha bunda para escancarar o meu cuzinho quando estou de quatro dando a bunda para outro homem. É bom para mim, por que evita que eu fique assadinha, especialmente quando sou escrava de alguém e vou passar bastante tempo sendo enrabada sem parar. 
 

 
Não tem nada demais para o meu marido também, que assim fica até em uma ótima posição para me ver rebolando gostoso enquanto o pau do outro entra e sai de meu rabo. E é claro, não tem nada demais também para quem está me comendo, que assim pode enfiar tudão no meu cuzinho.

 
 
  • A terceira situação e que meu marido abre minha bunda é quando o comedor está a ponto de gozar. Nesta altura, já gozei umas três vezes e meu cuzinho já está bem arrombadinho, mas o meu marido mesmo assim faz questão de abrir  o máximo possível para mostrar para o comedor o estrago que ele causou em sua vagabunda. Aí quando ele goza o meu marido pode ver a porra de outro homem escorrendo pelo meu cuzinho, que marido não curte ver a sua esposa assim ?