quinta-feira, 28 de junho de 2012

Cadelinha, mas com todo o respeito (e resbunda)


Antes de conhecer o meu atual marido, tive um relacionamento com meu chefe,  na verdade, meu ex-chefe, porque tanto ele como eu já deixamos aquela empresa.

Esse relacionamento era um pouco sadô-masô: a gente brincava que eu era a cadelinha dele e que ele era o meu dono. Aí ele podia fazer o que quisesse comigo e a única resposta que eu podia ter era latir baixinho. Era bem divertido.




Encontrei por coincidência esse meu ex-chefe e contei que tinha me casado. Ele me deu parabéns e disse que ia me mandar um presente. Mas aí ele pediu que tivéssemos mais um encontro do jeito que a gente costumava ter, de despedida.

Ele queria ser meu dono e que eu fosse a cadelinha dele pela última vez.



Falei para o meu ex-chefe que eu agora era uma mulher casada e respeitável, e que jamais faria qualquer coisa escondido do meu marido. Mas contei também que meu marido era liberal e se ele autorizasse, então tudo bem, mas eu iria merecer um presente de casamento bem legal.


Quando contei o caso para o meu marido, ele não gostou muito, disse que era esquisito que eu fosse a cadelinha de outro homem. Eu expliquei que era só uma brincadeira e que seria a última vez.

O meu marido então concordou, com as seguintes condições:

1) Ele (o meu marido estaria presente), fotogrando.

2) Eu poderia ser a cadelinha de meu ex-chefe, mas deveria ser tratada com educação e respeito.

3) Só poderia fazer as coisas que meu ex-chefe mandasse se meu marido autorizasse.



Achei que as condições eram razoáveis. Então combinei com meu ex-chefe que também aceitou, só pediu para não aparecer nas fotos. Terminamos publicando aqui só fotos em que estou vestida, todas as outras ficaram para o meu book particular



Então fomos, meu marido, eu e meu ex-chefe para um flat em Ipanema que ele tinha alugado. Comecei desfilando de fio dental, feito pela minha mãe para eu ir à praia, mas que uso direto para "desfiles". Fiz umas poses e meu marido tirou essas fotos.



Depois meu ex-chefe pediu para mim: "Cadelinha, fica de 4 e coloca sua bundinha para cima, que você merece levar umas palmadas, com todo respeito." Antes de obedecer, perguntei para o meu marido: "Amor, o meu chefinho pode me bater ?" E o meu marido respondeu: "Como ele pediu com educação, pode sim !"



Depois de levar meia dúzia de palmadas bem estaladas, o meu dono falou: "Agora chupa meu pau, cadelinha, por favor, colocando tudo dentro de sua boca..." Novamente consultei meu marido: "Amor, posso chupar o pau de meu dono ?" e meu marido concordou, afinal ele pediu por favor.


Depois do trabalho oral, meu ex-chefe falou para mim: "Cadelinha agora fica de quatro para eu comer sua bundinha sem camisinha, como antigamente..."  De novo eu pedi autorização para o meu marido: "Amor, meu chefinho pode me enrabar sem camisinha ?" Meu marido concordou e aí e comecei a dar.


Teve uma hora que começou a doer e eu reclamei: "Ai, chefinho, você está abusando da bundinha de sua cadelinha, mas não precisa parar não."



No fim, meu ex-chefe falou: "Vou gozar no seu cu, sua cadela, está pronta para ficar com o rabo cheio de porra ?"  Achei isto meio grosseiro e consultei meu marido: "Meu chefinho está comendo minha bunda e quer gozar dentro..." Mas nem deu tempo de meu marido responder, meu ex-chefe e dono gozou naquela hora dentro de meu cuzinho."




Mas, afinal,  valeu a pena: ganhamos dois presentes de casamento: eu ganhei um lindo faqueiro e meu marido ganhou a chance de assistir outro homem deixar o meu cuzinho bem arrombadinho e esporradinho. Que marido não gosta disto ? 



------------

Atpe aqui: 116 + 18 + 72 = 206, em 18 postagens

7 comentários:

  1. Queria ter o prazer de ter vc como minha cadela....dar palmadas no seu rabo até ficar vermelho...lamber seu cuzinho e sentir ele piscando na minha língua...entrar pela porta dos fundos como se não houvesse amanhã...encher esse rabo guloso de carne e derramar meu leite neste cú guloso sem camisinha...e finalizar com seu marido te lambendo o rabo até ficar limpinho!!!

    ResponderExcluir
  2. Que delicia de mulher ... voce já tem sangue de cadelinha nas veias... seu marido não tem culpa disso .... e sim sorte....

    ResponderExcluir
  3. Cadelinha maravilhosa
    adorei ler suas latidinhas aqui

    ResponderExcluir
  4. vc não nasceu neste pais és uma mulher deliciosa

    ResponderExcluir